• facebook
  • youtube
  • instagram
  • flickr
  • linkedin
  • twitter
  • facebook
  • youtube
  • instagram
  • flickr
  • linkedin
  • twitter

Sobre a
Santa Catarina

Com 560 km de belíssimas praias, que contrastam com a ocorrência de neve no Planalto Serrano fazem de Santa Catarina um destino perfeito para todas as estações do ano. Uma viagem de poucas horas de carro pelas estradas catarinenses, é suficiente para experimentar mudanças substanciais no clima, na paisagem, nos sotaques e culturas.
No destino, encontra-se uma grande diversidade de paisagens naturais, atividades de lazer e um património cultural incomparável, onde os saberes e fazeres locais se misturam com a contemporaneidade atuando em harmonia.
A gastronomia, as festas tradicionais e a hospitalidade dos catarinenses completam uma oferta de serviços turísticos de qualidade, seja para curtir um fim de semana ou para uma temporada de férias mais prolongadas.

Imagem topo

Geografia

Situada no centro geográfico das regiões de maior desempenho econômico do país, Sul e Sudeste, Santa Catarina está posicionada estrategicamente em relação ao Mercosul. Faz fronteira com a Argentina (Oeste), Paraná (ao Norte) e Rio Grande do Sul (ao Sul). O território catarinense ocupa uma área de apenas 95,4 mil km², o menor estado do Sul do Brasil e está dividido pelas regiões do Litoral, Vale do Itajaí, Planalto Norte, Planalto Serrano, Nordeste, Sul, Meio-Oeste e Oeste.

Clima

O clima em Santa Catarina é ameno e pode variar muito de região para região, sendo influenciado pelo relevo e proximidade do mar, o que proporciona temperaturas agradáveis, especialmente no Litoral.

O território catarinense apresenta as quatro estações bem definidas: o verão relativamente quente e ensolarado, o outono com temperaturas agradáveis no decorrer dos dias e mais baixas com o cair da noite, o inverno relativamente frio, com a ocorrência de neve na região do Planalto Serrano e a primavera, com temperaturas gradativamente mais altas com o passar dos dias.

Paisagens Naturais

As paisagens de Santa Catarina apresentam uma imensidão natural incomum, onde podemos encontrar vales, montanhas, serras e um extenso litoral envolto em mata nativa. São inúmeras opções para aqueles que gostam de se aventurar em meio a natureza ou apenas aproveitar alguns momentos de tranquilidade. As praias dão lugar a uma particularidade singular, por serem envoltas por mata nativa, proporcionam para seus visitantes, trilhas com as mais deslumbrantes paisagens.

Em Santa Catarina também prevalecem as paisagens rurais, onde a beleza natural é espetacular. Para os amantes do frio, o cenário oferecido pela delicada camada de neve no Planalto Serrano, lembra uma cena de conto de fadas.

A Serra Catarinense é mais uma opção para quem busca aventura, nela podemos encontrar grandes cânions, paisagens repletas de araucárias, rios, cachoeiras e vales que podem deixam o visitante impressionado.

Surfistas encontram na costa catarinense um grande número de praias a curta distância e uma variedade incrível de ondas para deslizar. Há ainda, cascatas e cachoeiras, dunas, lagos e rios propícios para a prática do Turismo de Aventura. Além de florestas de Mata Atlântica, grutas e formações rochosas naturais surpreendentes para os amantes do Ecoturismo.

História, cultura e patrimônio

Santa Catarina teve sua colonização influenciada pelos europeus quando entrou na rota dos grandes navegadores, isso fica visível nas características das pessoas que aqui vivem. A miscigenação de culturas, a arquitetura, os costumes, os saberes e fazeres locais, a culinária e os dialetos falados por muitos moradores, estão presentes no cotidiano de suas cidades, revelando a riqueza de seu patrimônio cultural.

Para aqueles que desejam passar férias envolto em calmaria, uma visita as pequenas cidades do interior catarinense é uma ótima opção. Caminhe pelo Centro sem destino e observe o modo de vida local. Os poucos habitantes destes lugares, tornam o passeio muito tranquilo. Uma verdadeira volta no tempo com antigas tradições que ainda se mantém vivas.  

Aproveite para visitar a grande variedade de acervos dos museus que são dedicados a diferentes áreas do conhecimento e acessíveis ao público geral, onde podem ser encontrados desde acervos folclóricos, artes e tradições populares até coleções relacionadas às etnias, voltadas para o estudo antropológico e social das diferentes culturas.

Gastronomia

A formação das origens gastronômicas catarinense está diretamente ligada aos aspectos culturais, ao clima e à localização geográfica. Hoje, a gastronomia continua se expressando por meio de hábitos alimentares de cada povo que se estabeleceu por aqui e deixou um legado que é passado de geração em geração.

A gastronomia é um elemento integrante da cultura catarinense. Para se ter uma ideia, a capital do estado, Florianópolis, faz parte de um seleto grupo da Rede Mundial de Cidades Criativas da Unesco, tendo recebido o selo de Cidade Unesco da Gastronomia no ano de 2014.

Apreciadores da gastronomia regional, irão se surpreender com receitas caseiras feitas com muita fartura e sabor, e com o que cada povo trouxe de suas terras de origem e acrescentou na cultura, nas tradições e na gastronomia catarinense. 

Do velho mundo lusitano, veio a culinária do litoral, rica em frutos do mar. A contribuição germânica é revelada nos caminhos que levam ao interior do estado, onde pratos à base de carnes, como a do porco e o marreco, são acompanhados pela típica cerveja artesanal. Ainda no interior, a cultura gastronômica herdada dos colonizadores italianos mantém a história viva e permite que visitantes degustem de boas lembranças traduzidas em suas cantinas e vinhos. No território catarinense, a influência da culinária dos povos de origem austríaca, húngara, holandesa, polonesa e ucraniana que se misturam a cores, sabores, histórias e tradições, entre elas, da comida tropeira e campeira, fazem de Santa Catarina um lugar incomum.

Lazer e eventos

Encante-se com passeios ao ar livre pelos Parques Catarinenses, cenário perfeito para encontrar amigos ou reunir a família para um piquenique. As belíssimas paisagens destes lugares turísticos são ideais para registro fotográfico, afinal, muitos são considerados verdadeiros cartões postais da cidade.

Há inúmeras atividades especialmente pensadas para as crianças, como em museus, no Jardim Zoológico ou em um Parque Temático. Ver baleias no mar ou seguir as pegadas de dinossauros são apenas algumas ideias de entretenimento para os pequenos.

Os catarinenses celebram sua herança cultural durante a maior parte do ano com as suas tradicionais festas religiosas, procissões e romarias. Para os adeptos da boa comida, não faltam festivais gastronômicos. O destaque vai para a maior festa alemã das Américas que acontece todos os anos, durante o mês de outubro. A Oktoberfest é uma celebração da cultura germânica que reflete as suas tradições em desfiles, danças folclóricas, música e comida típica regada a muito chopp artesanal. A festas típicas representam as tradições e mostram a hospitalidade do povo catarinense.

Santa Catarina é um dos destinos mais procurados para turismo de negócios e eventos. A localização privilegiada, no epicentro econômico sul-americano, entre São Paulo e vários países do Mercosul, tem atraído cada vez mais eventos para o estado. A excelente infraestrutura dos grandes centros de eventos, teatros, arenas, auditórios e salas de convenções, juntamente com a variedade de ofertas hoteleira são um convite para fazer bons negócios. Todas estas vantagens, somadas à questão da segurança têm atraído cada vez mais eventos para o estado, inclusive a nível internacional. A WCT – World Championship Tour, circuito mundial de surfe, e a rota para a Volvo Ocean Race, o maior evento de vela do mundo, já tem parada programada em Santa Catarina.

Mobilidade

Os modais mais utilizados para o escoamento da produção catarinense são o marítimo, o rodoviário e o aéreo. A estrutura portuária é uma das principais vantagens competitivas catarinense. O litoral do estado é propício à instalação de portos e marinas, possibilitando o acesso de embarcações de grande porte que realizam cruzeiros pela costa brasileira e pelo Atlântico Sul. O estado abriga cinco portos, estrategicamente distribuídos entre os municípios de Itajaí, São Francisco do Sul, Imbituba, Navegantes e Itapoá, enquanto o porto de Laguna atua voltado à pesca.

O estado é cortado no sentido Norte-Sul pelas BR 101, BR 116 e BR 153.  A localização geográfica de Santa Catarina é beneficiada pelo movimento envolvendo o fluxo de pessoas ou mercadorias do Rio Grande do Sul e de países vizinhos, como a Argentina e o Uruguai principalmente, com destino a grandes centros, por motivos econômicos ou de lazer.

O transporte rodoviário, segundo a ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres (2019), apresenta o maior número de passageiros que desembarcaram em terminais no estado durante os meses de Dezembro e Janeiro, igualmente há um aumento durante o meses de Abril e Julho. Os catarinenses (7,5%) foram os que mais utilizaram o transporte rodoviário, seguido do estado do Paraná (5,63%) e do Rio Grande do Sul (2,68%).

No tráfego aéreo, Santa Catarina mantém rotas aéreas comerciais e turísticas nacionais e de países do Mercosul, através de vôos diretos ou com conexões via grandes pólos emissivos de passageiros como São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro. O estado possui aeroportos comerciais em Joinville, Navegantes e Florianópolis (categoria internacional), e outros menores com linhas regulares.

De acordo com dados da ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil, Santa Catarina recebeu 3.408.277 passageiros de voos no ano de 2019. O aeroporto de Florianópolis aparece em 1º lugar em número de passageiros, seguido pelo aeroporto de Navegantes e Joinville. Os aeroportos de Chapecó, Jaguaruna, Forquilhina e Lages, aparecem no ranking com o menor número de passageiros.

Em 2019, os meses entre Outubro e Fevereiro representaram o maior número de chegadas nos aeroportos. Destes, 96,42% eram voos domésticos, enquanto apenas 2,96% eram de voos procedentes da Argentina. Dentre os destinos de origem dos voos domésticos, 70,41% partem de São Paulo, 9,42% do Rio Grande do Sul e 8,78% do Rio de Janeiro.

Ranking

Segundo dados de 2018 do SNIS – Ministério do Desenvolvimento Regional, Santa Catarina tem 6.263.578 atendimentos à população com abastecimento de água e 1.666.861 em esgotamento sanitário. O fornecimento é assegurado aos municípios, em sua maioria, pela Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (CASAN) e o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE). Quanto ao acesso à coleta de lixo domiciliar, em 2018, 6.036.802 da população total e urbana tiveram acesso a coleta seletiva do tipo porta a porta executada.

Demanda do Turismo

A grande oferta de recursos naturais do estado catarinense já transformados em produtos turísticos se encontram no extenso litoral, campos, vales, serras e estâncias termais, numa infinidade de atrativos do planalto até o mar.

A internacionalização do aeroporto Florianópolis, com voos diretos da Argentina e Chile, favoreceu o desembarque de turistas internacionais. Em 2018, foram 226.362 chegadas internacionais, a maioria de turistas argentinos (192.708) seguidos pelos turistas chilenos (22.954) (MTur – Ministério do Turismo).

Florianópolis ocupa lugar de destaque entre destinos mais visitados pelos turistas internacionais seguido por Bombinhas, também no litoral catarinense. A grande maioria procura pesquisar sobre os destinos por meio da internet ou por outras fontes de informação, como amigos e parentes. Os motivos da viagem podem variar, entre lazer, negócios, feiras, congressos, eventos, entre outros (MTur – Ministério do Turismo).

A composição do grupo turístico internacional está amparada nas viagens em família (67,82%) em sua maioria, seguido pelas viagens de casais sem filhos (13,34%), grupos de amigos (9,20%) e o do turista que viaja sozinho (8,48%). 93,20% destes turistas organizam suas viagens, somente 3,46% utilizam pacotes organizados por agências de viagens.

Quanto ao tipo de alojamento utilizado pelos turistas internacionais, 49,54% preferem casas alugadas, 35,42% optam pelos hotéis, flats ou pousadas e 8,54% se hospedam em casa de amigos. De acordo com a pesquisa do nível de satisfação dos turistas internacionais, 50,48% disseram que superou as expectativas, 43,02% que atendeu plenamente, 5,76 que atendeu em parte e somente 0,74% que decepcionou.

Endereço: Acate Downtown Rua Felipe Schmidt, 853 Centro - Sala 02 Florianópolis | SC 48 3251 0595 falecom@observasctur.com.br
Fique por dentro de tudo que acontece no Observatório do Turismo. Inscreva-se em nosso newsletter para receber as principais informações e notícias sobre o turismo de Santa Catarina.